Conversa/Palestra

1 | 2 | 3 >

À descoberta de micro e nanotecnologias com a microscopia eletrónica e os Raios-X

Porque é que as micro e nanotecnologias revolucionam a vida moderna?

Vem descobrir como a microscopia eletrónica, a microanálise e os Raios-X são essenciais para o desenvolvimento dos materiais que transformam o mundo numa aldeia global com mais informação, maior rapidez, maior precisão, mais energia renovável, mais conforto,…, melhor saúde e a expectativa do “forever young” com os biomateriais. Vem também descobrir como se desenvolvem novos materiais revelando os materiais naturais com as visões penetrantes dos Raios-X, microscopia eletrónica e microanálise.
Dias: 21

A resistência ao fogo dos edifícios

Apresentação do Laboratório de Estruturas e Resistência ao Fogo
Dias: 21 | 23 | 25

A utilização da Matemática (e não só…) no desenvolvimento de simuladores médicos

Esta atividade é sobre a modelação matemática de sistemas fisiológicos (ex: o sistema cardiovascular) e a simulação deste sistemas num computador ou num manequim de tamanho real através do desenvolvimento de software e de hardware específico. A combinação destes elementos associada a uma forte componente educativa tem como resultado o desenvolvimento de simuladores que auxiliam o treino médico, permitindo o desenvolvimento de competências de profissionais de saúde num ambiente controlado. Nesta atividade irá ser apresentado exemplos dessas aplicações, nomeadamente no transporte do oxigénio entre a mãe e o feto através da placenta. Uma visita ao Centro de Simulação Clínica (SIMULA) permitirá o contacto com os simuladores médicos de alta-fidelidade existentes, realçando o papel multidisciplinar envolvido (e não é só matemática…).
Dias: 25

Adultos com lesões neurológicas adquiridas – Qual o papel do Terapeuta da Fala?

A atuação do Terapeuta da Fala com adultos com perturbações de comunicação e de deglutição após lesão cerebral.
Dias: 22 | 23

Ambiente Construído e Desenvolvimento Sustentável

O imparável movimento das populações do campo para as cidades, na tentativa de ultrapassar insuportáveis situações de precaridade, tem conduzido, desde o início da Revolução Industrial, à criação de vastas zonas urbanas, em que a pobreza generalizada, a elevada incidência de criminalidade e a ausência de higiene pautam a vida diária dos moradores dos chamados ‘bairros de lata’, um pouco por todo o mundo. Reconhecendo o papel fundamental que a arquitetura e o planeamento urbano podem desempenhar na transformação social, o júri do Prémio Pritzer resolveu galardoar, em 2016, o Arqº Alejandro Aravena, do Chile, pelo trabalho inovador realizado em prol das populações dos bairros de lata, sobretudo da América Latina. Aravena afirmou que «se as cidades quiserem absorver com sucesso as 1,5 biliões de novas afluências projetadas pela ONU, para os próximos 15 anos, devem tirar algumas lições do tipo de habitações dos bairros de lata». Segundo Aravena, e também de acordo com projeções da ONU, os arquitetos vão ter de ajudar a construir uma cidade de um milhão de habitantes por semana, nos próximos 15 anos, com um orçamento de apenas 10.000 USD por família. Como conciliar esta necessidade com a necessidade, porventura mais geral, de promover o desenvolvimento sustentável?
Dias: 22

As câmaras digitais não servem só para fotografia

Mas será que as câmaras digitais servem apenas para registar os nossos momentos do dia a dia? Será a fotografia a única aplicação destes dispositivos?
Dias: 21 | 23 | 25

Casas Passivas de consumo energético quase zero

Nesta ação será versada a problemática das Alterações Climáticas e a adaptabilidade dos edifícios no que diz respeito à independência energética e conforto térmico. Será feita uma pequena palestra, seguida de uma parte experimental em laboratório.
Dias: 22

Como podem os computadores responder a perguntas e ajudar na descoberta de conhecimento?

Uma palestra sobre como os computadores, ou melhor, os algoritmos computacionais, conseguem extrair conhecimento a partir de texto (e não só...), e como esse conhecimento pode ser usado para responder a perguntas, publicitar produtos, ou descobrir novas curas para doenças.
Dias: 23

Como serão as nossas praias daqui a 100 anos?

A evolução da linha de costa e o papel da engenharia civil na procura de soluções para reduzir os problemas de erosão das praias
Dias: 24

Compreendendo um dos produtos mais complexos do nosso quotidiano, o automóvel...

Com esta sessão pretende‐se introduzir alguns princípios de tecnologia automóvel, dando ênfase aos aspetos construtivos do automóvel, a noções de potência e transmissão assim como de novas tecnologias. Procura‐se também mostrar a interligação da tecnologia automóvel com diversos campos de conhecimento, nomeadamente com a física, a engenharia e o design. A sessão contará com espaços de exposição de conteúdos teóricos, de exercícios teórico‐práticos e experimentação.
Dias: 23

1 | 2 | 3 >
imprimir
Apoios da Semana Aberta da Ciência e Tecnologia