Departamento de Ambiente e Ordenamento

A biologia e a química no tratamento de águas residuais...

As águas residuais são uma consequência inevitável de diversas atividades humanas (doméstica, industrial, comercial, agrícola, etc.) e quando lançadas no meio ambiente podem provocar graves problemas de desequilíbrio nos ecossistemas naturais. Para minorar esses problemas existem várias opções de tratamento. Nas situações mais comuns, um sistema completo de tratamento de águas residuais envolve operações físicas e processos químicos e biológicos. Esta atividade pretende ilustrar alguns aspetos do tratamento de águas residuais por técnicas físico-químicas e por processos biológicos. Os participantes poderão realizar ou observar uma pequena experiência laboratorial de tratamento de uma água residual industrial por um processo físico-químico. Poderão também observar o funcionamento de reatores biológicos no tratamento de águas residuais bem como observar ao microscópio a variedade de microrganismos que se desenvolvem nesses reatores.
Dias: 23

Ambiente Construído e Desenvolvimento Sustentável

O imparável movimento das populações do campo para as cidades, na tentativa de ultrapassar insuportáveis situações de precaridade, tem conduzido, desde o início da Revolução Industrial, à criação de vastas zonas urbanas, em que a pobreza generalizada, a elevada incidência de criminalidade e a ausência de higiene pautam a vida diária dos moradores dos chamados ‘bairros de lata’, um pouco por todo o mundo. Reconhecendo o papel fundamental que a arquitetura e o planeamento urbano podem desempenhar na transformação social, o júri do Prémio Pritzer resolveu galardoar, em 2016, o Arqº Alejandro Aravena, do Chile, pelo trabalho inovador realizado em prol das populações dos bairros de lata, sobretudo da América Latina. Aravena afirmou que «se as cidades quiserem absorver com sucesso as 1,5 biliões de novas afluências projetadas pela ONU, para os próximos 15 anos, devem tirar algumas lições do tipo de habitações dos bairros de lata». Segundo Aravena, e também de acordo com projeções da ONU, os arquitetos vão ter de ajudar a construir uma cidade de um milhão de habitantes por semana, nos próximos 15 anos, com um orçamento de apenas 10.000 USD por família. Como conciliar esta necessidade com a necessidade, porventura mais geral, de promover o desenvolvimento sustentável?
Dias: 22

Conversão energética de biomassa florestal: um contributo para a economia e sustentabilidade energética de Portugal

A utilização da biomassa florestal para produção de energia térmica e elétrica é uma das opções que devem contribuir para o desenvolvimento de cenários energéticos mais sustentáveis e para uma gestão mais eficiente da floresta e da agricultura.
Dias: 22 | 23

Jardins de Sal

Fica a conhecer o papel do sal, ao longo da história, a sua produção de forma artesanal em salinas tradicionais e as características do espaço onde se localização as salinas.
Dias: 21 | 22 | 23 | 24 | 25

O vento ao fundo do túnel

O vento desempenha um papel cada vez mais preponderante nas nossas vidas, desde fonte de energia a mecanismo de purificação do ar que respiramos. Vamos utilizar um túnel de vento para percebermos os efeitos do vento sobre todo o tipo de objetos.
Dias: 22

Uma ideia, um minuto, uma voz: vamos salvar o Planeta!

Lutar contra o aquecimento do planeta não é uma batalha perdida. As alterações climáticas são um problema global e, no entanto, cada um de nós pode fazer a diferença. Mesmo as mais pequenas alterações na nossa rotina diária podem ajudar a evitar as emissões de gases de efeito de estufa sem afetar a nossa qualidade de vida. Não devemos esperar pelas consequências, vamos pensar no que podemos fazer. Mais do que isso, vamos juntar a nossa voz e usar a nossa imaginação para envolver outras pessoas na nossa causa: salvar o planeta Terra!
Dias: 22

imprimir
Apoios da Semana Aberta da Ciência e Tecnologia