A utilização da Matemática (e não só…) no desenvolvimento de simuladores médicos

Esta atividade é sobre a modelação matemática de sistemas fisiológicos (ex: o sistema cardiovascular) e a simulação deste sistemas num computador ou num manequim de tamanho real através do desenvolvimento de software e de hardware específico. A combinação destes elementos associada a uma forte componente educativa tem como resultado o desenvolvimento de simuladores que auxiliam o treino médico, permitindo o desenvolvimento de competências de profissionais de saúde num ambiente controlado. Nesta atividade irá ser apresentado exemplos dessas aplicações, nomeadamente no transporte do oxigénio entre a mãe e o feto através da placenta. Uma visita ao Centro de Simulação Clínica (SIMULA) permitirá o contacto com os simuladores médicos de alta-fidelidade existentes, realçando o papel multidisciplinar envolvido (e não é só matemática…).

Um sistema pode ser definido como um conjunto de elementos interligados de modo a formar um todo organizado. Exemplos de sistemas fisiológicos são entre outros o cardiovascular, respiratório ou nervoso central. A modelação matemática de um sistema fisiológico resulta numa descrição em termos de equações, que simulam a parte dinâmica e a parte estacionária destes sistemas. A simulação destes sistemas em computadores ou noutros suportes ajuda o estudo e a compreensão das suas propriedades. Permite também o desenvolvimento de simuladores que auxiliam o treino médico, bem como a criação de sistemas inteligentes de monitorização clínica. Através de exemplos, irão ser apresentadas algumas aplicações destes modelos matemáticos na investigação, no ensino e no treino, e na prática clínica. Como exemplo prático, irá ser descrito um modelo de transporte do oxigénio entre a mãe e o feto através da placenta. Uma visita ao Centro de Simulação Clínica (SIMULA) permitirá o contacto com os simuladores médicos de alta-fidelidade existentes, realçando o papel multidisciplinar envolvido. Combinando a Matemática, a Computação, a Engenharia, a Educação Médica e um pouco de Fisiologia, um pequeno caso clínico será apresentado e simulado.

Inscrição obrigatória: sim
Destinatários: Alunos Secundário, Alunos Ensino Superior
Tipo de atividade: Conversa/Palestra, Visita Guiada
Duração: 2h00
Local: Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro

Sessões

Dia Hora Máx. participantes Lugares disponíveis
25-nov 14h30 30 0

Organização: Departamento de Matemática, Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro (ESSUA)

Última actualização: 17/10/2016

inscrições fechadas
imprimir
Apoios da Semana Aberta da Ciência e Tecnologia